Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Nossa história

Vou guardar o teu beijo, não na memória, na boca mesmo, pra não correr o risco de esquecer ou de me escapar o gosto...aquele beijo do encaixe perfeito, da pele ouriçada, da entrega imediata.
Vou guardar o perfume, não os tantos que em ti pude sentir, mas da tua pele, que já era extensão da minha.
Vou guardar o olhar que sobejava desejo e me falava das coisas melhores que havia em ti.
Vou guardar os momentos que mais pareciam sonhos, e os sonhos que te incluí.
Vou guardar todas as boas histórias, as boas horas, a alegria que havia em simplesmente sabermos que nós éramos nós.
Vou guardar as melhores danças, as nossas músicas, o prazer que sabias me dar.
Vou guardar teu sorriso, teu jeito único de abraçar.
Vou guardar as dores que senti, que causei, os erros e as tentativas de acertar.
Vou guardar a saudade, que já me fez cativa e que insiste em maltratar.
Vou guardar todas as emoções sempre extremadas desse amor e eternizar na minha alma a tua maneira de me exaltar.
Então juntarei tudo…

Acreditar. Ser. Crescer.

Tenho me perguntado em que, de fato, eu tenho crido. Não falo de quem, ou seja, de pessoas, ou de um aspecto religioso e espiritual. É "em que" mesmo, ou quais coisas ainda me são caras e podem contar com a  minha fé. Vivemos construindo e desconstruindo conceitos, isso é ótimo e inevitável, já que tudo muda, tudo passa...mas algumas convicções arraigadas são desfeitas a base de muita dor. Dor, essa nossa companheira eterna, que devasta, desequilibra, mas ensina.  E nessas desconstruções tenho tentado transformar frustrações em lições, pois sempre tive horror a esta palavra e ao seu sentido. Frustrar-se é perfeitamente normal, SER frustrada tem um peso mórbido, é viver sem crer, é não ver além, é não se permitir, é deixar de sonhar, é deixar apagar aos poucos o seu brilho interior e refletir amargura e vazio.  Não darei lugar a essas características, elas jamais serão acrescidas à minha essência, sequer corromperão o que há de mais puro e precioso na minha alma. Tenho dentro de…