Pular para o conteúdo principal

Uma poesia para chamar de minha



Há muito mais nesses olhos felinos que a simples grandeza da alma
Neles moram a meiguice mais calma e a luz constante da força
Semblante abonecado de louça que adorna sua pele macia e tão alva
Num misto que mata e que salva, como sereia trajada de linda moça!

Olhares sobre ela são luzes merecidas no palco de sua vida
Pois ela é diva bem sucedida no afã de ser alguém além do convencional
É majestade em sedução e alto astral, é amazona de guerra destemida
Que não sucumbe mesmo que combalida, que fascina da origem ao final!

Dizer que algo de deusa nela fulgura é qual chover num solo inundado
Que todo homem torna deslumbrado e faz até o mudo assumir-se poeta
Posto que nela se projeta um espetáculo de fascínios encantados
Que somam-se aos seus inumeráveis predicados e a tornam tão dileta!

E se o poeta atrevido que ao mundo afirma quem seja Kenia for eu
Então por razão de quem a conheceu, direi que falo com real autoridade
Há musas pelos campos e cidades, assim tal como há sol que nem nasceu
Mas Kenia é dotada do que poeta algum já descreveu
e é linda igual o apogeu de um fim de tarde!


De: Reinaldo Ribeiro
"Que meus versos tenham alcançado seus merecimentos, pois há muito que seus encantos já habitam minhas predileções. Um grande beijo do seu amigo poeta!"

Para: Kenia Araújo
"Reinaldo, há tempos leio suas poesias e sempre vejo o quanto exaltas as mulheres com palavras belas e fortes. Tu havia me revelado que sou "musa" (rs) de várias de suas poesias, mas esta é diferente, tem meu nome. Ficou linda, fico lendo e relendo, com emoção e inegavelmente muito envaidecida. Sou amante das letras e da beleza da poesia, ter uma feita para mim será motivo de orgulho eterno. Obrigada e que esta sua magnífica inspiração continue alegrar nossos corações por muito tempo." Kenia Araújo

Comentários

  1. Que encanto de poema, com certeza o merecestes!

    ResponderExcluir
  2. Escrever sobre minha musa também tem o mesmo efeito. Belo texto inspirado.

    JC

    ResponderExcluir
  3. Amigos um belo dia do amigo pra vcs... na musica do milton nascimento e fernando brant a belíssima _Canção da América_, nada pode representar melhor um amigo e a sua importância...



    Canção da América



    Amigo é coisa pra se guardar

    Debaixo de sete chaves,

    Dentro do coração,

    assim falava a canção que na América ouvi,

    mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,

    mas quem ficou, no pensamento voou,

    com seu canto que o outro lembrou

    E quem voou no pensamento ficou,

    com a lembrança que o outro cantou.

    Amigo é coisa para se guardar

    No lado esquerdo do peito,

    mesmo que o tempo e a distância, digam não,

    mesmo esquecendo a canção.

    O que importa é ouvir a voz que vem do coração.

    Pois, seja o que vier,

    venha o que vier

    Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar

    Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.



    depois disso é esperar que nossos corações emocionem-se com nossas amizades como emocionamo-nos qdo ouvimos esta declaração de amor, tão maravilhosamente interpretada na voz do meu querido milton nascimento.



    e esperar que cada um de nós escute o que fala o nosso coração...ate pq tudo que eu queria dizer eles já falaram, faço minha a voz deste gigante da nossa musica.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se ao me ler, um impulso te trouxer algo à mente ou ao coração, escreva...

Postagens mais visitadas deste blog

Para renascer é preciso morrer!

É exatamente assim, no começo parece que te falta o ar, que algo espreme teu peito sem cessar e derrama o sumo dessa compressão nos teus olhos, compulsivamente.
Os primeiros dias passam e nada colore tua existência, só habita em ti a neblina das lembranças cinzentas, daquilo que ainda te fere...e estão em tudo que tu tentas fazer, repetindo-se como um velho vinil riscado, fazendo ondas gigantes em tua mente...das mentiras que te foram contadas, das verdades omitidas, das peças que se encaixam, da dissimulação ardil, das atitudes tão ínfimas quanto rasteiras e do presente se encontrando com as mesmas dores do passado.
É a desconstrução do que tu acreditavas, ou achava que ainda cria. É o fim da tua luta, que por mais que parecesse perdida, havia dias em que alguns sinais diziam que a guerra valeria a pena. Mas não valeu! Lutar pelo quê agora? E o mundo parece partir ao meio, mas tu não estais nem de um lado e nem do outro. Estais sem segurança, sem direção, neste abismo que se abriu a …

Nem tudo vale a pena...

Vida que segue, histórias que findam... para que outras comecem.
Erros e caminhos que não podem ser refeitos.
Lamentar já não serve, porque o que passou nos escapou e o que fica de concreto são somente as lições, marcadas a ferro e fogo, nada poderá tirá-las de nós... pessoas e situações se vão, mas as aprendizagens ficam... e que bom que é assim!
Todos temos na vida momentos ou fases que desejaríamos não ter vivido, ou não mais lembrar, mas são exatamente estes que ficam se repetindo em nossas mentes a ponto de dizer-nos ao pé do ouvido: logo tu, tão seguro (a), esperto (a) e cheio (a) de si, viveste isto?
É, a racionalidade nem sempre nos é companheira e por vezes abandona até o mais perspicaz dos mortais. Importante mesmo é que ela não se vá para sempre e que o amor próprio continue reinando absoluto sobre todas as paixões terrenas.
Havia dentro de mim uma convicção imensa de que esse meu jeito de viver impulsivamente, respeitando todos os desejos e fazendo sempre o que o coração …

Oclusão

Não sei como ainda pode existir algo de ti no meu peito, depois dos inúmeros pedaços que já arranquei...embora os tenha removido pouco a pouco, como aquele procedimento bizarro para curar queimaduras extremas (as necroses são retiradas da pele, para que a regeneração ocorra de dentro pra fora).E cada parte que eu tirava à força, era uma tentativa de viver de novo, mesmo me sentindo morta.

Durante todo este tempo, esses pequenos recomeços exigiram de mim muito esforço, porque estavam inclusos em um contexto de uma aparente harmonia. E mesmo com todo meu empenho em virar de vez esta página, você estava ali, mais presente do que eu conseguia admitir até pra mim mesma. Oscilação pura...é que de fato não é tão simples esquecer alguém que te faz interagir com um lado seu, até então, totalmente desconhecido. Provei da fração mais amarga que me constitui, aquela cuja autossuficiência e autocontrole, características que sempre me acompanharam e fizeram de mim a pessoa mais confiante do mundo, f…