Pular para o conteúdo principal

Assim como chocolate...

O chocolate é a perfeição dos sabores, nutrição que chega a minha alma bem mais rápido que ao meu corpo.
Espécie de alimento que me enche de desejo o tempo inteiro, não sossego enquanto não sinto aquele sabor, que é repleto de muito mais que combinações gustativas sem nenhum defeito...e quero assim, sempre, de qualquer jeito, em qualquer forma.
Provo, me delicio...o desejo é saciado, mas nunca finalizado ou esquecido, ele é apenas guardado...pra daqui a mais um pouco, voltar a me acender.

É assim que te vejo, te sinto...és pra mim como o chocolate. Desejo que me acompanha, que por vezes tento repulsar ou inibir, tamanha é a avidez em possuir...mas tudo em vão. Sempre recaio na tentação de não tirar você de mim. Não importa o que faças ou deixes de fazer (e como tens deixado de fazer...), aqui estou, querendo-te mais que tudo.











*Postei sobre chocolate porque esta é a minha maneira de escrever: associações inusitadas, inspirações inexplicáveis. Embora a coincidência da data, longe de mim pôr o chocolate como símbolo da Páscoa, até porque faço consumo dele o ano todo, rsrs, sem precisar de apelos ou motivos. 
Não podemos esquecer que muito mais que trocar ovos de Páscoa, esta data tem o propósito de relembrar o sacrifício de Jesus pelo seu povo (nós), é hora de renovação da nossa fé, pois Cristo ressuscitou, Ele vive!!!

FELIZ PÁSCOA A TODOS!!!!

Comentários

  1. Queria estar aí perto de ti, para comermos chocolate juntinhos!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Baita vontade de chocolate me deu agora!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. vim deixar um beijo de chocolate e o desejo de uma Páscoa feliz !!!!

    carinho...

    ResponderExcluir
  4. Chocolate é muito gostoso sim,,,dá uma sensação boa....rs..rs...beijos de otimo sabado pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Amei a postagem,vc fez um comjunto bastante interessante rs.
    Uma feliz Páscoa amada.
    beijokas.

    ResponderExcluir
  6. Oi, gostei muito do seu blog. Tem selinho p vc no meu bloguinho, tá?
    Bj! Lu

    ResponderExcluir
  7. Impulsiva...

    Belo! Intenso! Sensual!

    Que delicioso impulso são as tuas palavras! Cada uma delas é uma suave e doce caricia...


    BeijOOO
    AL

    ResponderExcluir
  8. Não precisa agradecer, eu tb fico toda boba quando ganho selinhos. É uma forma de os blogueiros se conhecerem e formarmos essa grande corrente de amizade.
    E o seu blog é Vip, ué. rs
    Bj! Lu

    ResponderExcluir
  9. Pelo jeito, alguém tem fome de algo tão saboroso quanto o chocolate, mas também viciatne...

    Fique com Deus, menina Kênia Araújo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se ao me ler, um impulso te trouxer algo à mente ou ao coração, escreva...

Postagens mais visitadas deste blog

Para renascer é preciso morrer!

É exatamente assim, no começo parece que te falta o ar, que algo espreme teu peito sem cessar e derrama o sumo dessa compressão nos teus olhos, compulsivamente.
Os primeiros dias passam e nada colore tua existência, só habita em ti a neblina das lembranças cinzentas, daquilo que ainda te fere...e estão em tudo que tu tentas fazer, repetindo-se como um velho vinil riscado, fazendo ondas gigantes em tua mente...das mentiras que te foram contadas, das verdades omitidas, das peças que se encaixam, da dissimulação ardil, das atitudes tão ínfimas quanto rasteiras e do presente se encontrando com as mesmas dores do passado.
É a desconstrução do que tu acreditavas, ou achava que ainda cria. É o fim da tua luta, que por mais que parecesse perdida, havia dias em que alguns sinais diziam que a guerra valeria a pena. Mas não valeu! Lutar pelo quê agora? E o mundo parece partir ao meio, mas tu não estais nem de um lado e nem do outro. Estais sem segurança, sem direção, neste abismo que se abriu a …

Um rascunho perdido de amor

Em alguns dias esse amor, que já mora em mim faz tempo, chega assim súbito, como brisa no rosto em um dia de calor...e é tão bom sentir. Nessa hora até parece que ele é novo, amor menino, ainda contaminado pela veemência da paixão.





[Um texto iniciado em 07/03/13...resolvi não complementá-lo, pois cada emoção deve manter a essência do seu tempo.]

Oclusão

Não sei como ainda pode existir algo de ti no meu peito, depois dos inúmeros pedaços que já arranquei...embora os tenha removido pouco a pouco, como aquele procedimento bizarro para curar queimaduras extremas (as necroses são retiradas da pele, para que a regeneração ocorra de dentro pra fora).E cada parte que eu tirava à força, era uma tentativa de viver de novo, mesmo me sentindo morta.

Durante todo este tempo, esses pequenos recomeços exigiram de mim muito esforço, porque estavam inclusos em um contexto de uma aparente harmonia. E mesmo com todo meu empenho em virar de vez esta página, você estava ali, mais presente do que eu conseguia admitir até pra mim mesma. Oscilação pura...é que de fato não é tão simples esquecer alguém que te faz interagir com um lado seu, até então, totalmente desconhecido. Provei da fração mais amarga que me constitui, aquela cuja autossuficiência e autocontrole, características que sempre me acompanharam e fizeram de mim a pessoa mais confiante do mundo, f…