Pular para o conteúdo principal

Choro de menina

Chore
Pelo silêncio que te azucrina
Por não saber nem bem porquê
Chore
Por esta música que toca
Por querer falar e não poder
Chore 
Por saber o que é e o que não é
Por saber o que nunca vai ser
Chore 
Por aquilo que tem faltado e
pelo que tem te sobrado
Por não saber mais quem és
ou por não querer ser
Chore
Pelo passado e pelo presente
Por não ver futuro nisso tudo
Chore
Por todos os erros
E por tudo aquilo que nem queres avaliar se errou
Chore
Pela intensidade do teu ser
Por só assim saber viver
Chore por tudo que agora sabes que dói
E pela dor que sentes e nem sabe a razão
Chore um pouco mais
Não há problema algum
Porque ninguém chora por toda a vida
E teu choro é premissa de coisas boas
sonho bom!

Comentários

  1. O choro lava a nossa alma e isso é bom.

    ----------------------

    Todo domingo mando algo que acho interessante para os amigos e hoje não poderia ser diferente. Encontrei por uma menina que brinca com o designer fazendo pontilhado em almofadas. Muito legal, até porque quando os pontos são ligados é uma posição do kama sutra que aparece. Leve e original, amei! Espero que goste, porque Milene Rebuzzi se garante:

    http://www.coroflot.com/public/individual_set.asp?individual_id=275238&set_id=419719&

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  2. O choro é o arco-iris da alma.
    Kenia, voce tem amigas virtuais que te admiram e respeitam. E eu sou uma delas.
    Se pudesse deixar algum presente a você deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos
    A consciência de aprender tudo
    o que foi ensinado pelo tempo afora
    Lembraria os erros que foram cometidos
    para que não mais se repetissem
    A capacidade de escolher novos rumos
    Deixaria para você se pudesse
    o respeito àquilo que é indispensável
    Alem do pão o trabalho
    Além do trabalho ação
    E, quando tudo mais faltasse um segredo
    o de buscar no interior de si mesmo
    a resposta e a força para encontrar a saída"

    Fique bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Chore até adormecer, porque as lágrimas lavam a alma, refrescam o espírito, e serenizam o amanhecer!

    Beijinho
    Angel

    ResponderExcluir
  4. Que perfeito as tuas palavras, como gosto e me sinto bem em vim aqui. Outra noite eu chorei, chorei porque me senti só, por sentir o peso enorme que carrego nas costas, pelo que sou, pelo que fui e pelo que nao vou ser.
    Não sei bem o que aconteceu por aqui, mas continue a escrever, a se expressar..
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Meu amigo internauta!

    Você que é meu amigo,
    você que sempre me socorre quando preciso,
    você que fala de assuntos interessantes
    às vezes coisas banais que para mim são tão importantes!
    Você, que,
    às vezes,
    tão longe,
    mas que sinto tão perto em meu coração...

    Você, meu amigo,
    que não vejo os olhos,
    mas sinto a alma,
    está sempre próximo,
    bem mais perto do que a própria tela,
    está mais próximo do que imagina...

    Você meu amigo,
    que invadiu minha vida,
    fez-me gostar-te muito,
    que não veio apenas através de um cabo telefônico,
    mas veio do vento,
    vento que nos leva para o encontro das nossas alegrias
    para a proximidade dos nossos sonhos.

    Você é especial,
    e tudo o que se refere à você.

    São tão importantes para mim:
    as suas alegrias, as suas mágoas, as suas histórias e suas aventuras,
    quero-te sempre próximo de mim!

    Você meu amigo,
    que é muito mais que um encontro virtual,
    é a realidade dos meus dias!

    Por você eu navego,
    por você eu crio,
    por você eu tenho suportado tantas coisas,
    com tanta força...

    A você meu amigo,
    gostaria de fazer alguns pedidos:
    Que você sempre permaneça,
    em minha vida,
    em meu coração.

    Que seja meu eterno amigo;
    além da tela,
    além do tempo,
    aqui dentro do meu coração...

    (autor desconhecido).

    Uma boa semana.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Depois do choro o sorriso!

    Lindo *.*

    ResponderExcluir
  7. Depois da turbulência a calmaria.
    Chorar lava a alma.

    Belo poema..Assim como belo é seu blog e ainda mais belas as suas tatuagens..ameiiiii.
    Um imenso bjooo e já faço parte desse cantinho meigo. Boa semana!!

    ResponderExcluir
  8. Que maravilha Kenia! Pra quem tem sensibilidade, até o próprio choro torna-se coisa bela! Tava com saudades dos teus poemas inspirados, da tua impulsividade, estava sentindo falta do cheirinho bom de poesia que eu sentia ao abrir o teu blog... Que bom... Que bom que me fizeste novamente voar...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá, agradeço de coração o sincero comentário em meu blog, tento sempre expressar em minhas postagens aquilo que acredito de fato. Não perdendo a oportunidade, parabenizo pelo texto. Digo, mesmo que pareça meio estranho, como é bom chorar as vezes, quando estamos amargurados, com o coração apertado, só temos vontade de chorar, nada mais, e em meio ao choro adormecemos, levantamos leves no outro dia, aliviados, as dores foram externadas. Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se ao me ler, um impulso te trouxer algo à mente ou ao coração, escreva...

Postagens mais visitadas deste blog

Um rascunho perdido de amor

Em alguns dias esse amor, que já mora em mim faz tempo, chega assim súbito, como brisa no rosto em um dia de calor...e é tão bom sentir. Nessa hora até parece que ele é novo, amor menino, ainda contaminado pela veemência da paixão.





[Um texto iniciado em 07/03/13...resolvi não complementá-lo, pois cada emoção deve manter a essência do seu tempo.]

Para renascer é preciso morrer!

É exatamente assim, no começo parece que te falta o ar, que algo espreme teu peito sem cessar e derrama o sumo dessa compressão nos teus olhos, compulsivamente.
Os primeiros dias passam e nada colore tua existência, só habita em ti a neblina das lembranças cinzentas, daquilo que ainda te fere...e estão em tudo que tu tentas fazer, repetindo-se como um velho vinil riscado, fazendo ondas gigantes em tua mente...das mentiras que te foram contadas, das verdades omitidas, das peças que se encaixam, da dissimulação ardil, das atitudes tão ínfimas quanto rasteiras e do presente se encontrando com as mesmas dores do passado.
É a desconstrução do que tu acreditavas, ou achava que ainda cria. É o fim da tua luta, que por mais que parecesse perdida, havia dias em que alguns sinais diziam que a guerra valeria a pena. Mas não valeu! Lutar pelo quê agora? E o mundo parece partir ao meio, mas tu não estais nem de um lado e nem do outro. Estais sem segurança, sem direção, neste abismo que se abriu a …

Oclusão

Não sei como ainda pode existir algo de ti no meu peito, depois dos inúmeros pedaços que já arranquei...embora os tenha removido pouco a pouco, como aquele procedimento bizarro para curar queimaduras extremas (as necroses são retiradas da pele, para que a regeneração ocorra de dentro pra fora).E cada parte que eu tirava à força, era uma tentativa de viver de novo, mesmo me sentindo morta.

Durante todo este tempo, esses pequenos recomeços exigiram de mim muito esforço, porque estavam inclusos em um contexto de uma aparente harmonia. E mesmo com todo meu empenho em virar de vez esta página, você estava ali, mais presente do que eu conseguia admitir até pra mim mesma. Oscilação pura...é que de fato não é tão simples esquecer alguém que te faz interagir com um lado seu, até então, totalmente desconhecido. Provei da fração mais amarga que me constitui, aquela cuja autossuficiência e autocontrole, características que sempre me acompanharam e fizeram de mim a pessoa mais confiante do mundo, f…